domingo, maio 13, 2007

104. "meme"


"Entrei numa livraria. Pus-me a contar os livros que há para ler e os anos que terei de vida. Não chegam, não duro nem para metade da livraria. Deve haver certamente outras maneiras de se salvar uma pessoa, senão estarei perdido."
Almada Negreiros

(*) Um "meme" é um " gene cultural" que envolve algum conhecimento que passas a outros contemporâneos ou a teus descendentes. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma".

Resposta ao desafio da Bandida.

passo agora a: Não há Nada como o Realmente, Música do Acaso, Branco e Azul, Caderno de Campo, Lapis Exilis.

4 comentários:

Bandida disse...

magnífico "meme", E.

obrigada pela resposta ao desafio.


beijossssssssssssssss


B.
_______________

Ana Paula disse...

Bom, M.! Primeiro que tudo: muito obrigada pelo desafio! :) Vindo de si, claro que o aceito!
Segundo: esta citação do Almada é um primor! É tal e qual como me sinto...em desespero face à imensidão do universo literário. Para não falar de outros... Mas realmente deve existir outra forma qualquer de me salvar! :) É do que ando à procura...
Adorei o post, ainda mais que o desafio! lol Mas...acho que também gostei do desafio, para ser honesta.
Beijinhos amigos

isabel victor disse...

Queridíssima "m" depois de muito pensar ...

respondi ao teu desafio.

Gostei de o fazer. De o (re)fazer ... e de pensar sobre ele,

e ... de pensar sobre o próprio caderno ...

a sua existência e persistência.

Crise existencial (virtual) ou virtualmente existencial.

*** **
isabel

alice disse...

este senhor era um génio. a nossa amiga bandida também o citou com grande propriedade. adorei ler, m.