quarta-feira, janeiro 31, 2007

35. SEM SOMBRA DE PECADO

É uma sopinha. Chama-se Potato soup with parsley pesto. A receita aparece num site de uma fotógrafa que é um perfeito vulcão de volúpia gastronómica. Chama-se (a dita fotógrafa) Ulrike Oestwind.
Os sádicos das dietas dizem que sopa, obviamente que sim, mas sem batata. É a tirania pura, o fascismo sob a capa das boas intenções. Para mim é sopa e disseram-me que sopa podia - e devia!!! - comer! Portanto, não é pecado.

2 comentários:

S. disse...

Oh Vós que detestam sopa, não me provoquem!!!
Para mim continua a não dar, vou salivando cada vez mais. Eu que ADORO SOPA.

Vá tentanto que eu gosto! :D

M disse...

Pois, mas ele há sopas e sopas, minha cara! Esta é de potato, o que lhe dá logo uma graça incomensurável!