quarta-feira, junho 06, 2007

119. REFORMA AOS 82


Paul Newman retira-se, aos 82 anos, por achar que "já não tem confiança na memória nem na capacidade de improvisação". Vai dedicar-se apenas à caridade e à restauração. Que mais é que se pode exigir?

6 comentários:

Jorge Alves disse...

O tempo passa não perdoa ninguém...

Lis disse...

Ter essa capacidade até aos 82 anos já me parece brilhante e decidir parar quando a altura chega de descansar ainda me parece melhor.

Bandida disse...

é lindíssimo este homem. continua lindo.

tens razão m., não se pode exigir mais de quem tanto fez.


beijoooooooooo

B.
______________________--

Ana Paula disse...

Acerca dele, nesta fase, o que se pode dizer é:
"Missão Cumprida!" E de que maneira!
Um homem que além de ser um espectáculo para os olhos, adquiriu uma enorme sabedoria. Dos meus actores preferidos!
Bj

Arion disse...

É um dos meus actores "clássicos" favoritos. Adoro vê-lo com a Elizabeth Taylor em «Gata em Telhado de Zinco Quente», que já vi não sei quantas vezes e vou rever quando calha.

M disse...

jorge alves: mas para uns o tempo é mais generoso, como é o caso. Obrigada pelas visitas.

lis, podes crer, brilhante mesmo ter lucidez quando chega a altura.

bandida, ana paula, arion, é o que se pode chamar uma vida cumprida e comprida. E quem beneficou fomos nós todos. Bem, ele também!